Um dos princípios da ISO 9001:2015 é a “Melhoria”; e para melhorar qualquer processo, só é possível promovendo mudanças, por mais simples que sejam. Isto conflita com a prática, daqueles que ainda não desapegaram, de adotar procedimentos em seus sistemas de gestão. Vou reforçar mais uma vez: “isto é uma prática ultrapassada”; “isto engessa a empresa”; e como diria Odorico Paraguaçu: “Isto atravanca o progresso”. É lamentável:...

Saiba mais

  A IATF 16.949:2016 virou um caderno de encargos de requisitos intermináveis dos clientes automotivos, que infelizmente, acreditam que a qualidade pode ser alcançada com exigências de documentos, manuais, treinamentos e práticas questionáveis e inapropriadas, contempladas tanto nos requisitos da norma, como nos requisitos específicos dos clientes. É um absurdo a redundância de requisitos que estão em vários documentos...

Saiba mais

  Pergunta 1: Sua organização ainda adota estas práticas, na implantação de sistemas de gestão da qualidade? Lista de presença para treinamentos em: procedimentos, instruções, política da qualidade, ações corretivas para não conformidades etc, além de usá-las também em reciclagens desses treinamentos? Treinamento nos Procedimentos e documentação, interna como requisito de competência dos cargos? Cronograma Anual de Treinamento,...

Saiba mais

  É preciso que as Organizações e Organismos Certificadores entendam, que fazer uma auditoria robusta na ISO 9001:2015 é bem diferente das auditorias nas versões anteriores, até porque é raro termos auditorias de sistemas de gestão da qualidade de alto nível atualmente, pois desde a versão 2000 por exemplo, a gestão por processos, mal é exigida pelos organismos certificadores e muito menos pelas auditorias internas. Isto porque,...

Saiba mais

  A medida que vamos implantando a ISO 9001:2015 em nossos clientes, fica mais clara a necessidade de incorporar a gestão da qualidade e seus princípios em cada processo da organização. Desta forma, ter um único especialista ou um departamento para cuidar da qualidade em toda a organização, é custoso e impraticável em termos de alcançar resultados para o negócio. O tempo no qual, a qualidade para ser alcançada, adotava-se a...

Saiba mais

  Creio que os burocratas da IATF – International Automotive Task Force, que escreveram esta versão da norma IATF 16.949-2016, não tem noção da variabilidade que existe em relação a recursos, estrutura, produtos, serviços e necessidades nas organização que atuam no mercado automotivo, tendo como consequências muitas vezes, a falta de aplicabilidade e até mesmo a inviabilidade de implantação de boa parte dos requisitos...

Saiba mais