23/10/18 em Artigos, Artigos ISO 9001

Seu Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001:2015 é robusto?

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Em geral muitas empresas na transição da norma para a ISO 9001:2015, implantaram o sistema novo partindo do antigo, ainda com foco em documentação (manual e procedimentos) inserindo, alterando e excluindo requisitos, criando uma verdadeira colcha de retalhos.

 

As mudanças da ISO 9001:2008 para a ISO 9001:2015 foram significativas, por isso o prazo de 3 anos para a transição, porém muitas organizações e profissionais de gestão da qualidade (consultores ou  internos) não se aprofundaram nos novos conceitos e abordagem.

A manutenção de conceitos antigos, muitas vezes são incentivados pelos próprios organismos certificadores e seus auditores, por puro comodismo e preguiça de se aprofundarem na norma e nos sistemas desenvolvidos.

A  maioria dos auditores vai precisar aprender auditar sistemas sem manual nem procedimentos, sem Representante da Direção, entendendo de gestão estratégica, gestão de riscos e oportunidades, avaliando planos estruturados para atingir objetivos da qualidade, auditar a Alta Direção e outros requisitos novos e alterados.

Nunca o nível de auditorias de certificação foi tão baixo, e o pior é que a maioria das organizações ainda tem receio dos auditores, pois desconhecem a superficialidade com que auditam esta nova versão, porque também não buscam implantar um sistema robusto.

Os maus auditores, continuam valorizando práticas do século passado (versão 94 da norma), como nível de revisão de documentos, listas de presença de treinamentos, índices de qualidade de fornecedores, cronogramas de treinamentos, atas de reuniões de análises críticas da direção, requisitos de competência de treinamentos em instruções, procedimentos internos, política da qualidade etc, práticas estas já superadas e incompatíveis com a nova versão.

Um sistema de gestão da qualidade não pode ser robusto se as auditorias de certificação e internas são fracas.

Felizmente nossos clientes, são conscientes daquilo que buscamos com a implantação do SGQ com base na ISO 9001:2015, caso contrário, pensariam que estamos “loucos” ao implantar práticas que alguns auditores nem imaginam para que servem e quais requisitos atendem e excluindo outras que os auditores insistem em solicitar, mas que a norma não requer mais, principalmente manual da qualidade, procedimentos, Representante da Direção etc.

 

Faça uma Autoavaliação do seu Sistema de Gestão da Qualidade com base na ISO 9001:2015

Clicando na imagem abaixo, você terá acesso a uma planilha que lhe permitirá avaliar o SGQ da sua organização, com base na ISO 9001:2015, a partir dos 10 principais itens de sustentação de um sistema que consideramos robusto, de acordo com o que entendemos ser relevante para um modelo de gestão, que além de certificar a organização, com essas práticas e abordagens alinhadas com a norma, vão torna-la mais competitiva.

 

Evidente que você pode não concordar com os critérios propostos, porém essa abordagem é fruto de muitas implantações e certificações que alcançamos com sucesso, tendo a compreensão de nossos clientes de que estão alinhados com a norma e com a necessidades da organização, trazendo mudanças benéficas.

É possível também, que em um ou outro item, não haja compreensão de sua relação com a norma, neste caso você vai precisar se aprofundar nos seus conhecimentos sobre o tema.

Não é uma auditoria, portanto a interpretação durante a avaliação, não é a de atender necessariamente algum requisito específico, mas sim  de adotar práticas que agreguem valor ao negócio.

No final, a partir da pontuação total alcançada você poderá classificar seu sistema em um dos 3 níveis: Sistema Robusto, ou Sistema Inconsistente ou ainda Sistema Superficial, tendo uma orientação do que fazer para cada nível.

Faça com calma e seja o mais rigoroso possível, afinal, ninguém ficará sabendo do resultado, a menos que você conte.

 

Escrito por:

Araújo

Diretor Técnico da ACT Consultoria & Treinamento

E-mail:  araujo@actconsultoria.com.br

 

 

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×