2/10/18 em Artigos, Artigos ISO 9001, Artigos ISO TS e IATF 16949, Geral, Novidades

Os benefícios da Gestão por Processos de Negócio ou Business Process Management [BPM]

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Primeiro de tudo, podemos afirmar que a Gestão por Processos de Negócio não é uma moda, mas sim o futuro das organizações que querem ser altamente competitivas.

 

 

É difícil imaginar, uma organização que busque aumentar sua competitividade, consiga frequentemente  maior agilidade, redução de custos e maior qualidade nos seus processos, sendo administrada na forma de um conjunto de “ilhas”, como muitas vezes se transforma aquelas estruturadas por departamento ou setor, com seus especialistas  e know how, mas que não se entendem entre si.

Evidente que a organização precisa ter uma estratégia consistente, pessoal capacitado, recursos técnicos ou tecnológicos, mas se a gestão for ” cada um no seu quadrado”.

 

COMPORTAMENTOS NA GESTÃO VERTICAL

 

Algumas atitudes que muitas vezes são valorizadas junto aos colaboradores na administração vertical ou departamental:

  • Cumprimento do horário;
  • Uso de Uniforme;
  • Disciplina no cumprimento das regras;
  • Execução de atividades que somente são de sua responsabilidade, para evitar reivindicações de crescimento profissional, ou até medo do chefe perder seu lugar;
  • Cumprimento de tarefas especificamente designadas;
  • Em geral trabalha-se, trabalha-se e trabalha-se, mas não se sabe quais resultados foram alcançados ou se esperavam algum resultado;
  • Respeito total à hierarquia (manda quem pode, obedece quem tem juízo);
  • Falar apenas com pessoal do mesmo nível (“peão fala com peão” e chefe fala com chefe);
  • Cor de Jaleco diferente por Departamento, ou quem tem que usar Jaleco ou não;
  • Restaurantes com Públicos Diferentes: Horistas X Mensalistas, Diretoria e o Resto, Fábrica x Administração etc;
  • Políticas de quem pode autorizar: chegar mais tarde ou sair mais cedo, ir ao banheiro etc;
  • Posição hierárquica no organograma;
  • Quem pode aprovar o que? (comprar, mudar a sala, fazer um curso, visitar uma empresa, ir a uma feira etc)

Você já ouviu essa frase: “Como ninguém viu isso e deixou chegar no Cliente?”

Pela formulação da pergunta, insinua-se que a resposta que está buscando é saber “Quem?”

A resposta certa após uma análise, será a conclusão de que o processo está sujeito àquele tipo de falha, pois não podemos crer que alguém propositadamente, deixou um erro chegar ao Cliente e se for isso, essa organização está com problemas mais graves do que ela sabe.

Resumindo, podemos afirmar que o foco na Gestão Vertical ou Departamental são as pessoas.

 

BENEFÍCIOS DA GESTÃO POR PROCESSOS DE NEGÓCIO EM SUA PLENITUDE

 

A implantação plena da Gestão por Processos de Negócio traz mudanças significativas na forma de benefícios para a organização e para as pessoas que nela trabalham:

  • Pessoal direcionado para o Cliente e não para o Chefe;
  • A hierarquia perde importância: busca de sinergia entre os envolvidos das várias áreas no processo para alcançar os resultados;
  • Sair do pensamento do “quadradinho” do organograma, para uma visão transversal do processo;
  • Mais responsabilidades para todos: aumento da gama de atividades para as pessoas e versatilidade profissional;
  • Extinção crescente do trabalho unidimensional;
  • Simplificação dos Processos;
  • Gestão das Pessoas, mas também e principalmente dos Processos;
  • Mudanças constantes para melhoria dos processos, ao invés de padronizações, regras e burocracias que engessam os processos;
  • Desenvolvimento da capacidade de julgamento e das habilidades de solucionar problemas;
  • Novas formas de avaliação e medição dos processos e auto avaliação das pessoas;
  • Maior retorno sobre o investimento, quando o foco são as mudanças no processo e não a tentativa de melhorar as pessoas;
  • Encorajamento da iniciativa e desempenho auto gerenciado;
  • Na comunicação, as informações cruzam os processos horizontalmente, ao invés da abordagem tradicional da hierarquia;
  • Equilíbrio dos três componentes do processo: planejamento, execução e controle, mas com o gerenciamento de todos eles.

Em razão de sua dinâmica,  a implantação da Gestão por Processos de Negócio, tira a acomodação natural da administração Departamental, na qual as pessoas dão mais importância para a execução, do que o resultado para o negócio.

 

Finalmente, várias organizações, estão despertando para a ideia de que seus processos podem ser muito mais importantes que seus produtos. Por que?

Os processos, mais que os produtos e serviços, mostram para a organização, onde e como ela está melhor preparada  para competir.

 

Sua organização sabe?

 

Lembrando que dia 25 de Outubro a ACT irá realizar um CURSO ABERTO de Gestão por Processos de Negócio, em São Paulo.

CLIQUE AQUI  e saiba mais.

 

Escrito por:

Araújo

Diretor Técnico da ACT Consultoria & Treinamento

E-mail:  araujo@actconsultoria.com.br

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×