21/05/20 em Artigos

Como você e sua organização tomam decisões?

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Qualquer tipo de organização está permanentemente tomando decisões, ou seja, fazendo escolhas; entretanto, muitas dessas decisões são tomadas de forma atropelada, pois são deixadas para a última hora, sem um critério apropriado, sem planejamento e sem a participação das pessoas relevantes para avaliar a melhor decisão.

Que tipos de decisões estamos abordando:

  • Escolha de um novo software para um determinado processo;
  • Terceirizar ou não um processo;
  • Contratação de um funcionário novo, seja ele chave ou não para a organização;
  • Escolher um fornecedor para um determinado produto ou serviço;
  • Redução de funcionários num momento de crise;
  • Aquisição de um equipamento para produzir um determinado produto ou prestar um serviço;
  • Realizar ou não um investimento para o negócio;
  • e outras.

Uma decisão mal tomada, pode ter consequências irreversíveis, bem como, dependendo do impacto, pode além de não atingir seus objetivos, incorrer em custos que acabam sendo incorporados aos processos; e muitas vezes terá que conviver por um longo período de tempo com determinados problemas operacionais, técnicos ou administrativos do(s) processo(s) relacionado(s) com a decisão.

O que é uma análise e tomada de decisão?

Processo sistemático para escolha de uma alternativa, balanceando os benefícios e os riscos.

Perigos de uma decisão?

  • Iniciar analisando as alternativas
  • Olhar somente o lado positivo se alguma alternativa
  • Deixar o nosso lado subjetivo interferir na decisão
  • Alguém com habilidade de expressão induzir-nos a uma escolha
  • Ausência de pessoal chave
  • Escolher pelo voto, ao invés de obter consenso e com critérios adequados

Há processos de gestão na organização, que envolvem sistematicamente a tomada de decisão, ou seja, escolhas, como por exemplos: seleção de fornecedores de produtos e serviços; recrutamento e seleção de pessoal e outros.

Já outras situações são mais esporádicas: investimentos de alto valor; redução significativa de funcionários num momento de crise etc.

Para ambos os casos, é preciso ter uma metodologia e desenvolver ferramentas para aplicar nestas situações. No primeiro, por ser sistêmico, incorporando ao processo; e no segundo, utilizando a ferramenta, mas com definição dos critérios antes do momento no qual surja a situação; mas com um processo estruturado.

A metodologia de Análise e Tomada de Decisão – ATD, é um processo lógico para estas situações que abrange 10 etapas; entre elas: enunciado da decisão a ser tomada, definição de objetivos, critérios para classificação dos objetivos (obrigatórios e desejáveis), geração de alternativas, avaliação dos riscos e outras, até a decisão final.

Não é um método complexo, mas é lógico e vai ajudar de forma significativa a mitigar os riscos para tomar a melhor decisão, ou desistir do processo de escolha. Conhecê-lo e aplica-lo, vai fazer diferença!

Para entender bem esta metodologia e ter disponível as ferramentas que desenvolvemos para o processo de tomada de decisão, CLIQUE AQUI e tenha acesso ao nosso curso de EAD de ATD – Análise e Tomada de Decisão

 

Elaborado por: Araújo, Manoel M. S

ACT – Consultoria, Treinamento e EAD – Ensino A Distância
www.actconsultoria.com.br e www.actead.com.br
Desenvolvendo Organizações e Pessoas
WhatsApp: (11) 99637-9373
E-mail: contato@actconsultoria.com.br
Telefone: (11) 4224-4335
Mais de 10.000 profissionais treinados,
Mais de 300 Certificações ISO 9001, e
Mais de 50 Certificações de Sistemas Automotivos (IATF, ISO TS e outras)

 

 

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×